Consultoria Jurídica: como isso pode salvar sua empresa?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Leitura de 7 min

O atual cenário econômico brasileiro pede cautela e muito planejamento estratégico às empresas.

Para superar a crise, é preciso buscar meios de prevenir gastos excessivos e evitar surpresas futuras, principalmente de ordem judicial.

Uma das formas mais eficazes de realizar esta prevenção é a contratação de uma consultoria jurídica especializada. Por isso, vamos falar abaixo sobre as suas vantagens e outros pontos importantes. Acompanhe!

O entendimento da consultoria jurídica

Advogados e escritórios de advocacia prestam diversos serviços que vão muito além do ajuizamento de ações e da defesa de seus clientes em demandas judiciais.

Muitos desses profissionais são contratados para prestar orientações e direcionamentos a empresas e pessoas físicas em todos os âmbitos das relações em sociedade, seja entre particulares; seja com os órgãos e membros do Poder Público.

Essas e outras perguntas são respondidas pela consultoria jurídica, especializada em oferecer o respaldo legal que pessoas e empresas necessitam para firmar seus negócios.

A consultoria jurídica preventiva

Melhor do que receber orientações jurídicas para as mais diversas situações que acometem a empresa, é preciso realizar um planejamento estratégico de gastos, descontos e prevenção de litígios.

Essa é a função primordial da consultoria jurídica preventiva, que oferece o direcionamento da empresa em todos os seus atos administrativos e comerciais, antes mesmo de serem executados.

Assim, a consultoria jurídica será de extrema importância porque orientará a empresa desde a elaboração de seu contrato social, até a indicação de ações que podem reduzir ou evitar ações trabalhistas — as mais numerosas entre as pessoas jurídicas.

De forma preventiva, a consultoria jurídica poderá ainda orientar todos os passos da contratação de funcionários e seus direitos trabalhistas, elaborar um plano estratégico de gastos com tributação, planejar possíveis expansões e ações para o crescimento da empresa, dentre outras ações com foco no futuro.

As vantagens da consultoria jurídica

Há muitos benefícios na contratação da consultoria jurídica para dar suporte à empresa, tanto no âmbito econômico, quanto nas relações entre fornecedores e funcionários.

Depois de falar sobre o que é consultoria jurídica, listamos abaixo as principais vantagens da contratação desse serviço para a sua empresa:

Garantia da segurança jurídica de todos os atos da empresa

Como já falamos anteriormente, a consultoria jurídica tem como principal função garantir a legalidade dos atos praticados pela empresa.

A partir da orientação correta do escritório ou advogado contratado, todos os atos praticados serão analisados e direcionados por especialistas no assunto, o que lhes conferirá segurança jurídica.

Redução do número de demandas e custas processuais

Através da consultoria jurídica preventiva, que acompanhará todas as ações da empresa desde a sua constituição, o número de ações ajuizadas em seu desfavor será menor.

E mesmo que a consultoria não seja preventiva, assim que a empresa receber as orientações do escritório de advocacia contratado, esse direcionamento contribuirá para a redução das demandas futuramente.

Em consequência, os valores despendidos com custas processuais serão reduzidos ou quase inexistentes, porque haverá pouca ou nenhuma ação ajuizada em nome da empresa.

Planejamento tributário

Uma das principais razões que levam as empresas a recorrerem à consultoria jurídica é o planejamento tributário.

Através dele, o escritório de advocacia poderá reduzir os gastos da empresa com taxas e impostos pagos à ordem tributária brasileira, de forma legal.

Esta redução é alcançada por meio de pagamentos antecipados e da escolha correta da forma de tributação das atividades exercidas pela empresa, que resultarão em descontos, isenções, benefícios e incentivos fiscais, etc.

Planejamento empresarial

Ainda no âmbito do planejamento, a consultoria jurídica é capaz de prever o crescimento da empresa e a avaliação de todos os riscos que envolvem esta possível expansão.

Dessa forma, será possível verificar os fatores do mercado que influenciam o crescimento, o melhor momento para ampliar a atuação da empresa, antecipar os problemas e complicações que podem surgir e montar a estratégia correta para os próximos passos a serem tomados.

Melhoria nas relações com fornecedores e funcionários

A consultoria jurídica também proporciona à empresa a tranquilidade de estar praticando todos os atos de acordo com todos os preceitos jurídicos existentes.

Isso se reflete nas relações firmadas entre a empresa e seus fornecedores e diante de seus funcionários. A partir do momento em que atuar legalmente no mercado, a sua credibilidade também aumentará.

E assim como as outras vantagens explicitadas acima, a imagem da empresa em seu meio de atuação contribui para a redução das demandas ajuizadas e, diante disso, será capaz de gerar mais economia.

As diferenciações mais importantes sobre a área

Muitas pessoas confundem consultoria com assessoria jurídica e também não sabem diferenciar as atividades prestadas por um advogado, dos serviços do contador. Conheça as diferenças:

Consultoria jurídica x Assessoria jurídica

A consultoria jurídica é um trabalho de aconselhamento e orientação contratado por empresas, para a verificação e análise de problemas existentes, seguido da apresentação de possíveis soluções.

Desse modo, o consultor jurídico não atua de forma direta na empresa. As suas ações são realizadas no sentido de orientar e criar soluções.

Ele atuará na elaboração de pareceres, na montagem de estratégias, planos de ação, palestras, cursos, reuniões, dentre outros.

Já a assessoria jurídica auxilia a empresa, no âmbito legal, na solução direta dos problemas enfrentados pela empresa. Isso significa que o assessor realiza efetivamente o trabalho, em conjunto com a empresa.

A maneira como o serviço é prestado é, portanto, a principal diferença entre a consultoria e a assessoria jurídica.

Enquanto o consultor realiza um diagnóstico, identifica problemas e orienta a atuação da empresa no sentido de solucioná-los, mas não participa da implantação destas soluções, o assessor oferece e executa as soluções propostas.

Assim, é muito comum a contratação de uma assessoria após o diagnóstico fornecido pela consultoria.

Advocacia x Contabilidade

Ambos os profissionais, advogado e contador, oferecem um apoio à organização e ao planejamento da empresa. Mas existem muitas diferenças no serviço realizado por eles.

O advogado analisa e atua no âmbito legal da empresa, mediante atuação como seu representante em processos jurídicos e na elaboração de pareceres e fornecimento de consultoria para os atos por ela praticados, em todas as áreas do Direito.

Por outro lado, o contador direcionará a empresa no registro contábil de seus atos, no pagamento de várias espécies de tributos e no seu planejamento financeiro, desde a abertura até o encerramento de suas atividades.

Logo, a diferença entre o advogado e o contador está em suas áreas de atuação que, apesar de correlatas, são muito divergentes.

É por isso que nada impede que esses dois profissionais trabalhem lado a lado, principalmente no que diz respeito às estratégias tributárias da empresa.

Depois de ler este artigo, você já sabe o quanto a consultoria jurídica é necessária para o bom andamento financeiro e econômico da empresa. E, mais que isso, é uma estratégia infalível para reduzir a carga tributária e os gastos excessivos com demandas judiciais.

Seguindo essa linha, a Carlos Henrique Cruz Advocacia é um escritório especializado nas mais diversas áreas do Direito e oferece um trabalho com foco específico na consultoria jurídica empresarial. Entre em contato e conheça melhor o nosso trabalho!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *