6 motivos para fazer a gestão tributária da sua empresa

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Leitura de 6 min

A alta carga tributária e a complexidade que envolve a matéria é de conhecimento de empreendedores por todo o Brasil, em especial os administradores de pequenas e médias empresas, os quais, muitas vezes, não contam com uma consultoria tributária especializada para auxiliá-los nessa questão.

Em tal contexto, torna-se crucial que os empresários tenham como prioridade a realização de uma gestão tributária com qualidade e estratégia.

Ter conhecimento sobre o assunto e saber gerenciar os tributos que serão pagos pela empresa está diretamente conectado à expansão do seu negócio e à redução de custos desnecessários, além de contribuir para a prevenção de gastos extraordinários, como multas e sanções administrativas, e para o processo de tomada de decisões.

Em vista disso, o primeiro passo é compreender a importância e a necessidade de uma consultoria de gestão tributária. Além disso, convém conhecer alguns motivos relevantes para fazer a gestão tributária da sua empresa. Assim sendo, neste post, separamos 6 dos principais. Acompanhe a leitura e confira!

1- Você pode estar gastando mais dinheiro do que deveria

A primeira razão, e provavelmente a mais importante, para você realizar uma gestão tributária é a possibilidade de estar pagando mais imposto do que deveria.

Como já foi dito, a carga tributária em nosso país não só é alta, como também complexa, com um grande número de tributos que são cobrados pelos governos federal, estaduais e municipais. Há ainda diferentes formas e exigências para os pagamentos, o que torna extremamente provável a hipótese de que você esteja pagando algum tributo em uma carga maior do que seria necessário para quitar sua obrigação.

Estar gastando mais do que o necessário não significa, necessariamente, que você pagou o mesmo valor duas vezes, mas que poderia estar pagando menos para obter o mesmo resultado.

Diante da necessidade de gerenciar sua empresa e cuidar de diversas outras áreas, como firmar contratos, administrar funcionários, captar clientes, entre outros, é compreensível que não sobre tempo para estudar as melhores formas de pagar suas obrigações tributárias.

Nesse sentido, vale ressaltar que, no ordenamento brasileiro, existem três regimes tributários:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Presumido;
  • Lucro Real.

A partir das faixas de faturamento da sua empresa, deve-se fazer a opção pelo regime ao qual ela será submetida, sendo aplicados tributos e alíquotas diferenciados dependendo de qual deles foi indicado. A maioria das pessoas acredita que o Simples Nacional é o regime mais favorável, porém, várias vezes, o Lucro Presumido pode ser mais indicado para determinada empresa, assim como o Lucro Real pode se mostrar mais vantajoso que o Presumido. É preciso analisar tecnicamente os três regimes e, só então, optar pelo mais favorável.

Apesar de ser justificável que você não tenha condições de fazer a análise de maneira aprofundada, sua empresa pode estar sendo onerada com a escolha menos proveitosa quanto ao regime tributário. Por sua vez, isso pode ser um indicativo de que você precisa de uma consultoria especializada para auxiliá-lo nessa demanda.

2- Com a gestão tributária você diminui os riscos de uma autuação

Mesmo que tenha certeza de que não está pagando nenhum tributo a mais, existe a possibilidade de você ter pago alguma taxa, imposto ou contribuição a menos. Nessa situação, sua empresa corre o risco de ser autuada, processada ou multada.

Não é demais lembrar que não apenas o valor inadimplido será cobrado com juros e multas que podem chegar a 75% do valor original, mas, também, nos casos mais graves, pode haver a ocorrência do crime de sonegação fiscal, para o qual são previstas pena de detenção pelo período de 6 meses a 2 anos e multa de 5 vezes o valor devido.

3. Possibilita a economia de recursos e até o ganho de benefícios fiscais

Ainda que todos os tributos estejam sendo pagos de forma correta pela sua empresa, sem uma gestão tributária eficiente e estratégica, você pode estar deixando de aproveitar créditos e benefícios fiscais.

Questões individualizadas, a serem avaliadas de acordo com o objeto social do seu negócio, do local em que ele está inserido e de outros fatores legais, devem ser levadas em consideração para verificar se sua empresa se enquadra em alguma das possibilidades de isenções tributárias ou reduções nas alíquotas. Para investigar essa perspectiva é necessário ter experiência, além de vasto conhecimento na área.

4- Você tem previsibilidade e se tranquiliza com a certeza de que suas obrigações estão sendo cumpridas

O empresário do mundo contemporâneo é multitarefas, e as 24 horas do dia são insuficientes para administrar todas as suas obrigações profissionais e ainda conciliar com as demandas pessoais. Ser surpreendido com uma cobrança ou, principalmente, com uma multa inesperada pode comprometer o orçamento e as demais áreas do empreendimento.

Por outro lado, ter a tranquilidade de não precisar se preocupar com as obrigações tributárias da sua empresa é de valor inestimável. A previsibilidade quanto aos valores que devem ser gastos para pagamento de tributos auxilia no provisionamento, e a economia de tempo e dedicação proporciona o direcionamento integral da sua atenção para outros segmentos da empresa.

5- Auxilia na tomada de decisões estratégicas

Uma outra forma de economizar recursos com uma consultoria tributária eficiente é utilizar as informações e os dados levantados para tomar decisões estratégicas da empresa.

Um exemplo prático de como isso pode ser aplicado é quando se precisa definir o local de abertura de uma filial ou de compra de um determinado insumo e leva-se em consideração a carga tributária que vai incidir. Além disso, é possível acompanhar eventuais alterações nas alíquotas a fim de escolher o melhor momento para fazer determinado investimento.

6- Seu negócio se destaca no mercado

Pagar todos os tributos de forma correta e inteligente, reduzir os custos, beneficiar-se de isenções ou benefícios fiscais, ter previsibilidade na elaboração de orçamento e focar sua atenção na tomada de decisões estratégicas e acertadas não geram outro resultado possível senão o destaque no mercado de atuação.

Para isso, é necessário que você conte com uma equipe de advogados e contadores que saibam como fazer um planejamento tributário para sua empresa, direcionando-a para as melhores alternativas possíveis rumo ao sucesso no que diz respeito às questões tributárias.

Investir em gestão tributária é uma decisão que não envolve somente as obrigações fiscais. Na verdade, configura uma sustentação sobre a qual você vai expandir sua empresa. Uma gestão tributária deficitária poderá colocar em risco toda a estrutura do negócio, enquanto um planejamento bem-feito permite um crescimento robusto e consistente, acima da média de mercado.

A CHC Advocacia possui profissionais altamente capacitados e prontos para atender a você e à sua empresa quanto a estas demandas. Entre em contato conosco!

 Links recomendados

 

1 comentário em “6 motivos para fazer a gestão tributária da sua empresa”

  1. Pingback: Isenção de imposto de renda: você ou sua empresa tem direito?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima