Entenda o que é consultoria ativa e os benefícios para sua empresa

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Leitura de 18 min

O sucesso de um negócio é bastante influenciado pelo domínio que o empreendedor tem do seu mercado, para então colocar em prática as melhores estratégias.

Diante de uma competitividade cada vez mais acirrada, o segredo para conquistar uma posição de destaque é investir em recursos que agreguem valor para se alcançar uma atuação de excelência.

Nesse cenário, a consultoria ativa se apresenta como uma das medidas mais eficazes para evitar situações prejudiciais e, ao mesmo tempo, potencializar resultados de qualquer empreendimento. Já conhece o funcionamento dela ou tem essa prática como realidade na sua empresa?

Para ajudá-lo a entender melhor os benefícios de implementar tais serviços na gestão do seu empreendimento, elaboramos um post com tudo o que você precisa saber sobre a importância da consultoria empresarial. Siga a leitura e confira!

O que é a consultoria ativa?

A consultoria ativa é um serviço de suporte contínuo que visa alinhar um empreendimento com as práticas mais apropriadas para lidar com suas questões jurídicas cotidianas. É um trabalho que contribui especialmente para orientar sobre direitos e deveres em todas as relações jurídicas que a empresa estabelece, seja entre particulares (relações com consumidores, empregados, parceiros comerciais, etc.), seja com o poder público (em licitações, por exemplo).

Assim, trata-se de um trabalho focado em questões jurídicas, prestado por advogados, e que pode abranger tanto a prevenção de problemas e a correção de procedimentos inadequados, como também a busca por soluções de conflitos que a empresa já esteja enfrentando.

Qual o papel da consultoria ativa quando age em favor de uma organização?

A consultoria ativa tem o importante papel de orientar a empresa sobre questões legais que influenciam diretamente o seu processo de planejamento e de tomada de decisões. É, portanto, uma assessoria que cuida da prevenção de riscos inerentes à sua atividade econômica.

Independentemente do ramo de atuação, a atividade empresarial é regulamentada por inúmeras legislações trabalhistas, previdenciárias, tributárias, ambientais, dentre outras. E por mais competente que seja o gestor, sozinho ele não consegue acompanhar todas as atualizações nas leis sem perder o foco das suas funções mais relevantes.

O auxílio da consultoria ativa contribui para o crescimento do negócio na medida em que garante:

– Escolha do regime tributário mais adequado;

– Contratação de melhores condições com fornecedores;

– Recolhimento correto dos tributos;

– Prevenção do pagamento de multas;

– Melhor gestão dos direitos e deveres dos funcionários.

Assim sendo, podemos dizer que é o investimento que proporciona um melhor alinhamento da estrutura empresarial com as diretrizes do mercado e gera um equilíbrio entre a redução de custos e a maximização da produtividade.

Como funciona a consultoria ativa e de que maneira ela se diferencia de outros tipos de consultoria?

A consultoria ativa é um tipo de serviço voltado para a prevenção de riscos e a resolução de problemas já existentes que porventura vêm atrapalhando um desempenho de alta performance do negócio.

A principal diferença em relação a outras espécies de consultoria é que, na consultoria ativa, a equipe de assessoria jurídica não espera que a empresa traga um questionamento ou problema jurídico que estejam atrapalhando seus negócios, mas sim analisa as práticas empresariais ativamente e por conta própria, muitas vezes antes mesmo que a companhia saiba que necessita daquele acompanhamento específico.

Como mencionamos, a despeito de qual seja o porte da empresa ou seu ramo de atuação, as questões que envolvem o cumprimento de leis sempre farão parte da sua rotina, daí a necessidade de um amparo feito por profissionais qualificados.

No mercado, encontramos esse tipo de serviço a ser contratado por ato, diante de um conflito específico, mas também é possível a contratação de um apoio mais abrangente, que envolve planejamento e assistência a longo prazo.

Isso não significa que, com a assessoria completa, os advogados estarão em tempo integral na empresa, mas eles prestarão atendimentos frequentes. Afinal, eles precisam de familiaridade com o cenário interno a fim de avaliar as soluções mais adequadas para o empreendimento e as melhores alternativas de crescimento.

O serviço de consultoria vai funcionar com base em uma atuação jurídica preventiva, por meio do monitoramento das atividades da rotina empresarial, de maneira que eventuais riscos sejam identificados e eliminados com antecedência.

Essa metodologia de trabalho contribui para direcionar esforços aos pontos que carecem de mais atenção, evitando também que o negócio seja prejudicado por decisões equivocadas ou precipitadas. Vale lembrar que o consultor é responsável por apontar soluções, mas ele não interfere na parte de execução das ações.

Por fim, é importante que o gestor valorize a regularidade do serviço para garantir o máximo de eficiência. Isso porque novas situações sempre surgem, e, se não há um trabalho constante de assessoria, algumas falhas podem passar despercebidas.

Como a consultoria ativa influencia a rotina da empresa?

A grande influência da consultoria ativa na rotina de uma empresa é que, a partir do momento da sua contratação, todos os atos que possuem relevância jurídica passarão pela análise do especialista, ainda que o gestor do negócio não saiba dessa importância.

O ideal é que os profissionais responsáveis por esse trabalho acompanhem em tempo integral o atendimento de todos os requisitos das legislações. Isso também prepara o empreendimento para agir de forma mais rápida e precisa diante de situações mais complexas e para efetuar uma busca por menores impactos financeiros.

Com uma boa consultoria jurídica, o pagamento de taxas, impostos e outros tributos que incidem sobre a atividade acontece dentro de um planejamento, sem recolher quantias abaixo ou acima do devido — o que implica em economia e menor pagamento de multas.

Outro ponto pertinente da influência desse serviço na rotina da empresa diz respeita à negociação com fornecedores — todos os contratos passarão pela análise dos consultores no intuito de proteger o negócio contra cláusulas abusivas e que possam complicar a situação da empresa perante a fiscalização do poder público.

Assim, o auxílio dos profissionais corretos modifica para melhor o dia a dia de funcionamento de um empreendimento com os seus processos de tomada de decisão e, com segurança, possibilita que eles fiquem alinhados com as exigências da lei.

Que tipo de problemas ela ajuda a evitar?

Afasta erros de planejamento

Ao contrário do que muitas pessoas podem imaginar, um bom planejamento é imprescindível não apenas no momento de abertura do negócio, mas também ao longo de toda a sua trajetória.

Isso porque o mercado é extremamente dinâmico — as expectativas dos consumidores evoluem, novos concorrentes surgem a todo momento, outras parcerias são firmadas. Então, se não existe uma preparação para acompanhar esses movimentos, o ciclo de vida da empresa fica comprometido do ponto de vista jurídico, pois são criados riscos que, em princípio, podem permanecer ocultos, mas depois vêm à tona e podem prejudicar em muito as atividades empresariais.

A finalidade do planejamento é dar uma ampla visão sobre as tendências do mercado ao empreendedor, indicar quais rumos ele deve tomar para continuar na direção do sucesso, bem como antecipar os seus principais obstáculos num futuro próximo.

Nesse cenário, a consultoria ativa vai apontar os possíveis problemas caso a empresa continue adotando uma atuação equivocada e contribuirá com planos de boas práticas para gerar segurança na celebração de contratos, fazer investimentos, encontrar maneiras legais para cortar gastos desnecessários e, até mesmo, antever problemas.

Promove segurança jurídica e prevenção

A atividade de uma empresa é pautada em medidas legais, desde as burocracias relacionadas à abertura do negócio, como a obtenção do seu registro e demais licenças para o funcionamento, até a fase de funcionamento propriamente dita. Consequentemente, isso envolve o recrutamento do seu time de colaboradores, a aquisição de matéria-prima e assim por diante.

Dessa forma, a contratação da assessoria de um advogado é bastante útil para assegurar que as medidas legais necessárias estão sendo cumpridas, transmitindo credibilidade para a marca, e também para favorecer um melhor gerenciamento da prevenção de riscos. Com isso, esses benefícios passam a ser sinônimo de economia de tempo e de dinheiro.

Imagine, por exemplo, que um funcionário é demitido e reclama, na justiça, alguns direitos que a empresa deixou de cumprir por motivo de falha na interpretação da lei. Diante desse fato, haverá gastos com os honorários do advogado, com o pagamento dos direitos reivindicados pelo trabalhador, com as custas judiciais e ainda uma grande chance de que outros colaboradores também façam as mesmas reivindicações.

Agora, suponha que esse tipo de acontecimento se repita por diversas vezes, ao longo de vários anos. O quanto essa empresa teve que comprometer do seu orçamento para remediar erros que poderiam ser eliminados?

Logo, o apoio de uma assessoria especializada é a chave para manter um bom nível de competitividade e crescimento sustentável para o negócio, independentemente de se tratar de um pequeno empreendimento ou de uma grande organização.

Garante a segurança negocial

A rotina de um gestor é formada essencialmente pela tomada de decisões. E quando não há um preparo a fim de que todas elas sejam norteadas por procedimentos impostos ou resguardados pela lei, além do risco de penalização, ainda existe a possibilidade do fechamento de um mau negócio, uma escolha errada que pode custar a sobrevivência da companhia.

Nesse sentido, a consultoria ativa tem por objetivo impedir que o empresário se sujeite a cláusulas abusivas ou aceite obrigações que prejudiquem sua empresa. A intermediação de um advogado nas transações demonstra o amparo jurídico com o qual o gestor pode contar e, assim, impõe respeito aos que pretendem fazer negócios com ele.

A ausência de uma assessoria jurídica pode ainda levar à incidência de multas caso as leis não sejam devidamente obedecidas. Acima de tudo, é importante que o gestor tenha em mente que uma única tomada de decisão errada pode acabar com as vitórias já conquistadas até o momento.

Reduz custos

No que diz respeito à economia, mais uma vez a consultoria ativa se apresenta como solução para reduzir custos — o que começa pela segurança das decisões corretas e pela adequação às regras do mercado.

Como mencionado, isso implicará na eliminação do pagamento de multas, pois toda a rotina já foi planejada para atender as normas estabelecidas na legislação, sem deixar de mencionar a escolha das parcerias mais vantajosas e a redução significativa das demandas judiciais.

Isso não quer dizer que todos os problemas da empresa estarão resolvidos ou que novos desafios não surgirão pelo seu caminho, mas um bom planejamento certamente facilita a execução de ações mais eficazes.

Outro ponto para assegurar ainda mais economia é que, dependendo do tipo de assessoria contratada, o advogado também se responsabiliza por defender os interesses da organização em eventuais questões na justiça, sem um custo adicional para isso — é o chamado full-service.

Então, o dinheiro que antes era desperdiçado começa a sobrar para investir em técnicas mais modernas de procedimentos e em qualificação da mão de obra, transformando isso em oportunidades sólidas de crescimento.

Evita problemas societários

O bom funcionamento de uma sociedade está relacionado à definição clara dos direitos e deveres de cada sócio, entre eles:

– As respectivas áreas de responsabilidade;

– A proporção do capital investido;

– A postura a ser adotada em caso de venda da empresa.

Enfim, uma série de detalhes que, se não forem discutidos desde a sua criação, podem trazer muitas dores de cabeça no futuro. E o auxílio de quem tem expertise no assunto é o melhor caminho para evitar que esse tipo de aborrecimento comprometa a sobrevivência do negócio.

Logo, o mais indicado é que a assessoria jurídica participe da elaboração de um acordo entre os sócios sobre essas questões de governança, prevendo, inclusive, regras de planejamento sucessório e punições para os sócios que negligenciarem suas obrigações societárias.

Quais motivos levam as empresas a contratar uma consultoria ativa?

A contratação de uma consultoria jurídica normalmente estava associada a determinado acontecimento que impactava negativamente a empresa — quando o gestor enfrentava problemas com o fisco, algum acordo que não foi cumprido por fornecedores, o descumprimento de direitos dos funcionários etc.

Então, a lógica utilizada era remediar as situações que dessem errado no futuro. Porém, com a evolução do mercado e a necessidade de lidar com uma competitividade crescente, os empreendedores começaram a enxergar o quão benéfico é se estruturar para que o negócio não sofra com esse tipo de prejuízo.

Seguindo esse raciocínio, o ideal é que as empresas não mais contratem um profissional para alinhar as atividades do negócio à legislação apenas quando elas já foram penalizadas. O quanto antes a consultoria jurídica for adotada de modo ativo, isto é, antes dos efeitos negativos da falta de planejamento jurídico efetivamente surgirem, mais rápido os resultados positivos serão colhidos.

Nesse contexto, algumas das principais motivações que levam uma empresa a contratar essa ajuda especializada são:

– Esclarecimentos sobre a legislação que se aplica ao tipo de atividade desenvolvida;

– Elaboração do contrato social da empresa;

– Orientações sobre o regime de tributação;

– Gestão de funcionários;

– Negociações com o sindicato dos trabalhadores;

-Blindagem patrimonial;

– Elaboração de contratos com clientes e fornecedores;

– Planejamento sucessório;

– Busca por novas estratégias;

– Recuperação judicial e falência.

O que observar antes de contratar uma consultoria ativa?

Não restam dúvidas quanto às vantagens trazidas por um serviço de consultoria jurídica. Entretanto, isso não é sinônimo de que todos os profissionais oferecem um apoio de qualidade satisfatória. Dessa forma, quando a empresa decide investir em tal estratégia, alguns fatores importantes devem ser considerados. A seguir, veja quais são eles!

Profissionais experientes e atualizados

A advocacia é uma área com um vasto leque de atuação, mas infelizmente não é possível dominar todos os assuntos com a mesma habilidade. Por esse motivo, antes de contratar qualquer tipo de serviço, é recomendável a escolha de profissionais especializados, com experiência no nicho que você precisa.

Para lidar com uma assessoria empresarial, por exemplo, além de conhecer as leis e manter-se atualizado, o profissional deve estar por dentro das burocracias perante os órgão públicos e dos procedimentos internos de uma empresa.

Em vista disso, é preciso muito cuidado para não investir seu dinheiro em pessoas ou escritórios que não estão preparados para trabalhar nesse ramo e ainda menos para garantir os resultados esperados.

Assistência eficaz

Outro ponto de grande relevância para quem pretende contratar os serviços de uma consultoria ativa é a disponibilidade do advogado ou escritório para atender as demandas da sua empresa, isto é:

– Se eles oferecem suporte diante de situações urgentes;

– Se o trabalho será realizado de forma presencial ou online;

– Quais são os canais de atendimento para esclarecer dúvidas ou reclamações.

Nesse momento, o que está em jogo e merece uma análise criteriosa é a atenção que será dada ao seu negócio. Não adianta pagar caro na contratação de um escritório que tem uma carteira enorme de clientes se não existe uma dedicação igual para todos eles ou se os profissionais envolvidos só vão dar um retorno a você quando uma situação ruim já tiver atingido proporções maiores.

A dica, portanto, é buscar a opinião de quem já consumiu o serviço — saber se o profissional ou o escritório realmente cumpre com o que promete — e apenas tomar uma decisão quando já estiver seguro da sua escolha.

Consultores especialistas em áreas distintas

Além de poder contar com o trabalho de profissionais experientes e atualizados, a disponibilidade de especialistas em diferentes áreas também é uma peça-chave para potencializar o desempenho de um negócio.

Isso porque, em uma única empresa, é preciso lidar com questões diversas — como trabalhistas, tributárias, previdenciárias, ambientais, de atendimento ao consumidor etc. Por mais competente que seja o advogado, a eficiência é muito maior quando temos pessoas especializadas em cada assunto específico.

A tendência é que quanto menos abrangente for o estudo de um profissional, melhor será o seu desempenho sobre o tema escolhido. Cada disciplina envolve leis e procedimentos diferentes, então a força de uma consultoria ativa que possui um time de advogados atuando em cada área é naturalmente maior do que um único profissional que cuida de todas as funções sozinho.

Tomemos como exemplo uma seleção de jogadores de futebol, na qual os melhores atletas para cada posição são escalados. Agora, do outro lado, um time em que todos os jogadores jogam em todas as posições. Em qual deles o nível de precisão técnica será maior? Obviamente, no primeiro.

Assim, ao avaliar a proposta de consultoria jurídica, é fundamental que o empresário conheça bem o quadro de advogados que prestarão essa assistência ou quais as especialidades que cada profissional oferece.

Esse é o melhor caminho para garantir um serviço abrangente e com a qualidade necessária para gerar a competitividade e o crescimento de que o seu negócio precisa.

Acompanhamento completo

Um dos principais aspectos a serem observados durante a fase de contratação de uma assessoria jurídica é o tipo de acompanhamento que será fornecido — se ele é completo ou não.

Nesse raciocínio, o melhor recurso para uma empresa é o atendimento mais abrangente possível, ou seja, uma consultoria que comece com um bom atendimento inicial. Ela deve participar ativamente do planejamento das ações mais apropriadas, com uma análise profunda das situações apresentadas pelo gestor, e também oferecer serviços como:

– Ingressar com ação judicial, apresentação de defesa ou de recursos quando necessário;

– Promover a segurança da organização na celebração de contratos;

– Estruturar as questões de proteção ao patrimônio da empresa;

– Solucionar eventuais urgências.

Com o investimento na consultoria, o ideal é que o empreendedor não precise contratar serviços adicionais por fora — como para representar a empresa em uma demanda judicial ou realizar transações com fornecedores.

Assessoria online e física

Entre outras facilidades, a internet revolucionou a comunicação entre os indivíduos e eliminou barreiras físicas. Essa evolução modificou não apenas o comportamento dos particulares, mas também foi introduzida nos ambientes corporativos.

Com isso, saber como funciona a consultoria jurídica online é um dos aspectos relevantes a considerar na fase de contratação de um profissional ou escritório para prestar-lhe assessoria. Nesse sentido, torna-se relevante saber qual é o seu alinhamento com as novas tecnologias — se existe uma estrutura moderna para esse tipo de atendimento, por exemplo.

É uma vantagem que permite ao gestor um contato com seu advogado durante uma importante viagem de negócios ou outras situações de emergência. Ademais, diante das funções e de uma extensa agenda de compromissos dentro da empresa, as vantagens da consultoria jurídica online trarão bastante agilidade para que você seja atendido sem precisar se deslocar, garantindo uma melhor utilização do seu tempo.

Como podemos ver, a contratação de uma consultoria ativa é uma tendência que vem ganhando bastante destaque entre os melhores players do mercado, pois é uma estratégia utilizada como uma forma de conferir vantagem competitiva à empresa.

Uma das suas mais relevantes características é que ela tem aplicabilidade em todos os tipos de negócios. Porém, para alcançar o planejamento adequado, é preciso investir em profissionais com a expertise necessária para lidar com esse cenário e, especialmente, com as particularidades internas da empresa.

Gostou do artigo? As informações apresentadas foram úteis para esclarecer o papel de uma consultoria ativa na gestão moderna e a sua influência positiva na obtenção de melhores resultados? Baixe o nosso e-book para continuar aprimorando seus conhecimentos e entenda, com mais detalhes, para que serve uma consultoria jurídica e como ela pode ajudar sua empresa. Boa leitura!

1 comentário em “Entenda o que é consultoria ativa e os benefícios para sua empresa”

  1. Pingback: 6 dicas para fazer a descrição de cargo corretamente e evitar problemas - CHC Advocacia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *