whatsapp anchor
Atualizado em

Departamento jurídico terceirizado ou interno? Descubra o que é melhor para sua empresa!

Escrito por CHC Advocacia

Você já deve saber que ter o apoio de bons juristas no seu negócio minimiza os riscos, garante a regularidade e contribui para o desenvolvimento de forma geral da empresa. Entretanto, antes de contratar advogados, é preciso entender se é mais vantajoso ter um departamento jurídico terceirizado ou estruturar um escritório interno.

Essa é uma decisão mais importante do que muitos imaginam, já que há muitas diferenças entre as duas opções que impactam diretamente no futuro do negócio. Se você deseja fazer a escolha ideal, leia nos tópicos abaixo os prós e contras de cada tipo de departamento e, no fim, como funciona uma parceria jurídica com a CHC Advocacia! Boa leitura!

Departamento jurídico interno

Na prática, aqui se cria um escritório interno da empresa: os advogados são contratados de forma direta e trabalharão exclusivamente para ela. Entenda os benefícios e desvantagens desse tipo de departamento.

Vantagens

O jurídico interno será vantajoso para exercer um grande papel no desenvolvimento de estratégias e na rotina do negócio. Os contratados atuarão em conjunto com outras áreas da empresa e definirão parâmetros de atividades dos outros colaboradores, além de identificar as necessidades e prioridades da companhia.

Por exemplo, os advogados supervisionarão as atividades diárias do Departamento Pessoal para garantir o cumprimento dos direitos trabalhistas pela empresa — e, consequentemente, evitando problemas futuros com ex-funcionários.

Outro diferencial consiste no fato de que os advogados serão subordinados aos gestores, ou seja, deverão cumprir horários específicos, adequar-se à cultura organizacional, entre outras obrigações.

Desvantagens

Os contras estão ligados aos custos e ao nível de especialização dos advogados. Geralmente, departamentos jurídicos internos contam com poucos profissionais, que terão uma vivência menor das problemáticas corporativas — já que terão trabalhado em um número menor de entidades — e menos especializações.

Mesmo que você tenha estruturado um amplo departamento interno, é importante contar com a ajuda de um escritório externo para auxiliá-lo nas demandas mais específicas. Isso é comum acontecer em questões complexas ou que estão em constante mudança, como as legislações trabalhista e tributária.

Quanto aos custos, a empresa precisará bancar toda a estrutura do departamento, como a renovação de certificados digitais, preparação do espaço, aquisição de computadores, máquinas, impressoras etc. Contratar diretamente os advogados também aumenta os custos, já que será preciso arcar com:

  • encargos sociais: como INSS (20% sobre a folha de pagamento), FGTS, entre outros;
  • encargos trabalhistas: 13º salário, férias, terço constitucional das férias, descanso semanal remunerado, adicionais, horas extras, licenças, etc.;
  • especializações: será preciso despender com treinamentos e capacitações.

Também existe o risco de rescisão contratual com os colaboradores, o que gera a necessidade de criar provisões para multa do FGTS e o aviso prévio, por exemplo.

Departamento jurídico terceirizado

A terceirização do departamento jurídico consiste em receber apoio externo de um escritório para cuidar de situações jurídicas diversas da empresa, podendo ser total ou parcial. Confira, a seguir, os pontos fortes e fracos dessa opção.

Vantagens

Como os benefícios são amplos, eles serão divididos em diferentes subtópicos, conforme visto a seguir.

Economia

Com o escritório externo, a empresa apenas arcará com o valor contratado (que pode ser mensal, por demanda, trimestral etc.), não sendo preciso arcar com organização de espaço, compras de materiais, encargos sociais ou trabalhistas, entre outros gastos.

Além disso, os advogados externos serão responsáveis pelo seu próprio desenvolvimento pessoal, o que envolve atualizações, cursos e especializações. Toda essa economia poderá ser reinvestida no negócio para expandir seus serviços, aumentar os lucros, abrir novas unidades etc.

Profissionais especializados e experientes

A segunda vantagem é a ampla experiência e área de atuação dos advogados. Em razão dos especialistas trabalharem para diferentes empresas, eles saberão como solucionar um rol de problemas mais amplo do negócio, além de eles poderem contar com a opinião dos demais integrantes do escritório.

Como são muitos advogados que trabalham no escritório, a contratante também receberá suporte jurídico em diferentes áreas, como a trabalhista, civil, tributária, contratual, empresarial e mais.

Consultoria on-line

O terceiro benefício consiste na possibilidade de receber uma consultoria on-line. Diferente do que muitos gestores pensam, o distanciamento não é prejudicial para a relação entre as partes.

Graças às tecnologias atuais, é possível manter uma comunicação ampla, transparente e constante com o escritório, podendo tornar a consultoria jurídica on-line mais vantajosa do que a presencial. Exemplos de canais de comunicação possíveis são:

  • telefone;
  • email;
  • softwares de comunicação por vídeo, como o Skype;
  • redes sociais (como Facebook, Instagram, Twitter etc.);
  • aplicativos de mensagens, como Telegram e Whatsapp;
  • plataforma direta de comunicação.

Tecnologias de ponta

Para que um escritório de advocacia consiga prestar uma assessoria ou consultoria ativa e de qualidade, ele precisa adotar as tecnologias mais avançadas do mercado, como softwares de gestão especializados, melhores sistemas de comunicação, computação em nuvem, etc.

A empresa também aproveitará essas tecnologias sem precisar realizar o mesmo investimento. Será possível, por exemplo, trocar informações em tempo real com o escritório, ter acesso remoto aos arquivos, realizar reuniões on-line (economizando com viagens) e muito mais.

Desvantagens

As desvantagens do departamento externo estão ligadas à contratação de um do escritório inferior. Há escritórios digitais que fornecem pouca qualificação e não investem em uma parceria forte e transparente com a contratante. Por isso, é fundamental analisar profundamente as suas opções e entrar em contato com os escritórios para conhecer:

  • as áreas de atuação dos contratados;
  • a experiência dos profissionais;
  • o funcionamento da parceria;
  • os serviços prestados;
  • a qualidade do atendimento.

A CHC como parceira jurídica

A Carlos Henrique Cruz Advocacia (CHC Advocacia) é um escritório especializado nas áreas mais relevantes para empresas, como trabalhista, empresarial, tributário, contratual, imobiliário, previdenciário, entre outros.

O escritório trabalha de forma única e traz diferenciais que o tornam mais vantajoso do que o departamento jurídico terceirizado e o interno. Isso ocorre pelo fato de fornecer um amplo de serviços. Veja só:

  • consultoria e advocacia preventiva: analisa os procedimentos e contratos da empresa, propõe soluções para eventuais problemas e evita que eles se tornem dores de cabeças futuras;
  • contencioso: representa a empresa e acompanha litígios judiciais e administrativos em todos órgãos e tribunais do país, garantindo o resultado mais vantajoso possível ao negócio;
  • assessoria jurídica completa: presta suporte contínuo à empresa para aperfeiçoar seus processos, minimizar riscos e garantir regularidade em todos seus departamentos;
  • serviços adicionais: está sempre à disposição para fornecer orientações jurídicas, emitir pareceres, realizar auditorias, assessorar negociações, realizar treinamentos, etc.

Outro grande diferencial da CHC Advocacia consiste na maior proximidade com as empresas, além de fornecer treinamentos para os seus gestores e funcionários com a finalidade de adequar os procedimento da cliente à legislação.

Tanto o departamento jurídico terceirizado como o interno têm suas próprias vantagens e desvantagens. Entretanto, é muito importante realizar uma parceria jurídica com profissionais competentes e experientes. A CHC une os benefícios dos setores internos e terceirizados, sendo, assim, a opção mais vantajosa para qualquer negócio.

Interessou-se em firmar uma parceria com a CHC Advocacia e quer conhecer melhor o escritório? Então, não perca tempo e solicite já um orçamento conosco!

Esperamos que o texto tenha, de fato, esclarecido suas principais dúvidas sobre o assunto. Ainda precisa de mais informações? Isso não é problema! Siga a gente nas redes sociais para ficar por dentro das novidades: estamos no Instagram, no Facebook, no LinkedIn e no YouTube.

Ouça também nosso podcast, o JusTáPop!

Deixe um comentário